Blog novo

| Um comentário

Olá pessoal, quanto tempo!

Durante esse ano de 2014 eu pensei muito e decidi que o Jornal Beijos já não tinha mais tanto haver comigo. Por isso eu decidi criar um novo blog falando sobre os mesmos assuntos, mas com um domínio, um layout mais clean, e algumas outras coisas diferentes. 
Não penso em deletar o blog porque acho bem que legal que muitas pessoas ainda passam por aqui pra ver meus antigos posts ;)

Pra quem quiser me acompanhar no novo blog, ele se chama Waldorfing

Beijos, e muito obrigada (de verdade) a todos que costumavam ler e aos que ainda passam por aqui <3 p="">

Arctic no Brasil?

| Um comentário

Caiu na internet a notícia sobre a suposta vinda da banda britânica Arctic Monkeys ao Brasil. A passagem da banda em show solo aconteceria em outubro desse mesmo ano.
Jamie Cook e companhia já passaram por aqui outras duas vezes, mas sempre como atração de festivais. 

Ainda não foram divulgadas informações oficiais, mas estamos torcendo!
Beijos, @opsjulia_

Garota Interrompida

| 2 comentários
Confiram meu novo blog Waldorfing :)

Faz tempo que eu não faço posts sobre cinema, mas ironicamente foi porque eu estava ocupada vendo filmes muito muito bons. A vantagem da internet é que da pra ver filme online, baixado, no Netflix e por aí vai... Numa dessas eu encontrei um filme que foi impossível não escrever um post pra vocês.


Com um elenco de primeira e uma história maravilhosa Garota Interrompida entrou pra lista dos meu favoritos.
O longa é focado na personagem Susanna Kaysen que é internada em um hospício e mais tarde descobre sofrer do distúrbio de personalidade borderline. Lá ela conhece figuras como Polly, uma menina que tem seu rosto todo queimado, Georgina, uma mentirosa compulsiva e as muito bem construídas personagens Daisy e Lisa interpretadas respectivamente por Britanny Murphy e Angelina Jolie, que possivelmente estão no melhor papel de suas carreiras. 

Uma coisa que me chamou atenção no filme foi como Susanna era uma pessoa com problemas comuns, sendo um deles como atravessar a adolescência até a vida adulta, mas o jeito como ela lidava com eles a fizeram enlouquecer e de certo modo até tentar o suicídio.
Outra coisa legal foi que ela não ficou pouco tempo no hospital e foi curada magicamente como em outros filmes. Nós conseguimos ver um processo de amadurecimento psicológico na personagem. Também é muito bom ver a anti social Kaysen finalmente fazendo amizades. Mesmo que seja em um lugar tão improvável e alguma delas não sendo exatamente saudáveis. 

Agora sendo bem honesta, Winona Ryder teve uma performance muito boa, mas foi impossível não manter seus olhos vibrados na sociopata Lisa, que até rendeu Oscar e Globo de Ouro a Jolie. 

O filme foi inspirado no livro de mesmo título escrito por Susanna Kaysen, que realmente passou por todo esse processo, mas infelizmente ela não gostou do filme ):

Vale lembrar que o filme se passa na década de 60, onde qualquer problema emocional era resolvido internando o paciente. 

Eu poderia fazer mais uns 10 posts falando sobre a complexidade desse filme, mas renderiam muitos spoilers e eu quero muito que vocês assistam. 

Beijos, @opsjulia_

Kate Moss x Topshop

| Nenhum comentário
A coleção para a marca de fast fashion Topshop, assinada pela modelo e it girl inglesa Kate Moss chega hoje (30), com só um dia de atraso, comparado a sede da loja, aqui no Brasil.
Na festa de lançamento houve a presença de ninguém menos do que Cara Delevingne e Naomi Campbell.


A coleção pode ser encontrada nos shoppings Market Place, Iguatemi e JK Iguatemi, todos localizados em São Paulo.

Beijos, @opsjulia_

Is Skins Coming Back?

| Nenhum comentário

Como vocês bem devem saber Skins, um dos meus seriados favoritos, teve seu fim em 2012. Porém no ano passado foi anunciado que haveriam três especiais focados em três personagens das antigas gerações. Todos envolvidos na produção declararam ser o final definitivo da série, até que em uma entrevista concebida à rádio inglesa Radio Times, Bryan Elsley afirmou que há discussões sobre uma possível quarta geração. "Qualquer releitura de Skins seria do a partir do zero. (...) A juventude de hoje em dia está bem diferente do que quando Skins começou." 
Ele também disse que se houverem novas produções o Channel 4 não será envolvido. 

Eai, quem ficou animado?
Beijos, @opsjulia_

Poeminha

| Nenhum comentário

de baixo d'água
barulho abafado
olhar embaçado
menino afogado
grita "socorro"
bem longe do morro
mas ninguém responde
e ele fica perdido
sei lá onde

5 marcos da moda dos anos 70

| Um comentário
Confiram meu novo blog Waldorfing :)
Os anos 70 foram bem turbulentos tanto pra moda, quanto pra música e política. Foi a década que nasceu o movimento punk, a primeira modelo negra estampou a capa da Vogue, os Beatles acabaram e também a época em que Margaret Thatcher foi eleita primeira ministra do Reino Unido. E como eu tenho um carinho especial por esse tempo, decidi fazer um post sobre 5 marcos da moda entre esses 10 anos.

Os queridinhos hot pants nasceram em 70 e foram a alternativa à minissaia da época. Apesar de terem sido uma febre, a moda passou rápido até ser escolhida para fazer parte do uniforme da sexy e poderosa Mulher Maravilha.
Em meados de 2012 os hot pants voltaram e foram até incorporados no dia a dia na versão jeans.

David Bowie talvez tenha sido o maior ícone dos anos 70. Criativo e andrógeno ele foi um dos primeiros a aderir a moda das plataformas, glitter e do corte mullet- que foi feito por sua ex esposa Angie, outra grande personalidade da década. 

Com o estilo emprestado de Diane Keaton, a atriz que deu vida à personagem que deu o nome ao filme Annie Hall não esperava que fosse ficar na história da moda. O estilo masculino que incluía camisas, gravatas assinadas por Ralph Lauren, óculos meio arredondados e chapéus estilo floppy foi praticamente uniforme de todas as intelectuais da época.

A primeira banda de rock formada só por mulheres deixou um legado. A vocalista da banda, Cherie Currie, costumava exagerar na sensualidade e imortalizou o corpete que usou em ensaios fotográficos e até em shows. Já a guitarrista Joan Jett preferia um estilo mais rock 'n roll com jaquetas e calças de couro. Sandy West que também fazia parte da banda era geralmente clicada com t shirts apertadinhas que estampavam o nome da banda.

E é claro que não poderia faltar a rainha do punk. Na época Vivienne Westwood era namorada de Malcolm McLaren o idealizador e empresário dos Sex Pistols- banda que vestia todas as ideias da estilista. Juntos o casal possuía uma loja chamada Sex que, apesar de soar um pouco contraditório, ditava a moda punk da época.

E você, qual década mais gosta?
Beijos, @opsjulia_

Cartas na Rua

| Nenhum comentário
Semana passada minha melhor amiga veio visitar São Paulo, e é claro que fomos para Paulista.
Eu por minha vez adoro comprar livros nas bancas de jornal que estão espalhadas pela avenida, e lá me deparei com inúmeros títulos do autor alemão Charles Bukowski, que eu já conhecia e simpatizava por conta de uns textos. Decidi comprar o primeiro de seus romances e não me arrependi.


Narrado pelo alter ego do próprio Bukowski intitulado Henry Chinaski, o livro conta sua vida nos correios, seu gosto por apostas de cavalos e seu grande vício em bebidas e mulheres. 
É uma história bem simples e banal, é verdade. Mas o modo que ela é narrada é espetacular. De maneira brutalmente honesta Charles prende o leitor a cada página enquanto conta experiências que me parecem ter sido vividas pelo próprio autor. 


O que mais me tocou no romance foi a maneira de como apesar de não realmente se apaixonar por todas as mulheres que passaram pelo livro, ele possui um apego muito grande por elas. Acho que pela necessidade que lá no fundo a personagem possui de ser cuidado ou simplesmente amado. 

Recomendo muito essa leitura. Tanto que já garanti mais uma de suas obras chamada Hollywood

Alguém já leu?
Beijos, @opsjulia_

Tudo sobre o primeiro dia do Lollapalooza

| Um comentário
Confiram meu novo blog Waldorfing :)

Vocês sabem que eu estava ansiosa por esse festival já faz tempo, né? Pois saibam que eu não me decepcionei. Claro que tiveram seus altos e baixos, mas no geral a experiencia foi ótima e eu vou contar um pouco dela pra vocês.


No sábado eu sai de casa bem cedinho porque o primeiro show era logo o da Vespas Mandarinas e eu e minha amiga queríamos muito assistir.
Graças a nossa precaução a entrada foi bem tranquila, sem fila, só aviso que foi meio desorganizada, mas desde o momento que os portões abriram esperamos bem pouco.

Quando entramos no evento fomos direto pro palco Skol onde aconteceu o primeiro show do dia. A setlist foi muito boa, só esqueceram de tocar a música favorita da Mariana ): Apesar de estar meio vazio, foi bem animado.
Logo em seguida corremos pro show do Silva que estava bem cheio. Ele tocou músicas como 2012 e Moletom.



Depois que a performance acabou fomos encontrar mais um amiga nossa e corremos pra apresentação do Cage the Elephant que foi bem louco, já que além de se jogar na platéia o vocalista foi parar numa tenda la no fundo do espaço do show.


Nós íamos continuar no mesmo palco pra esperar Imagine Dragons, mas o pessoal quis ir ver o Julian Casablancas e acabamos cedendo. O show não foi muito bom não, o som estava muito ruim e eu mal conseguia ouvir o cantor. E ele acabou cantando duas músicas do Strokes porque percebeu que o pessoal não estava simpatizando muito com o seu álbum solo.
Depois dele voltei pro palco Ônix pra imaginar uns dragões e não me desapontei. O som deles é muito bom ao vivo e o cantor pareceu gostar muito do Brasil, além de contar que seu pai já morou no país por dois anos e que foi a melhor apresentação que ele já fez.


Infelizmente eu saí do show um pouquinho antes de terminar pra poder ir ver a Lorde, que também canta muito, mas o show foi meio fraquinho. Ela não pareceu simpatizar muito com a platéia e as backing vocals eram playback. Além dela o só haviam mais dois músicos no palco.


Depois disso vi o finalzinho de Phoenix e fiquei esperando Muse, que valeu muito a pena porque mesmo doente fez um showzasso e ainda prestou homenagem ao aniversário de 20 anos de morte do Kurt Cobain.


E vocês? Curtiram o Lolla?
Beijos, @opsjulia_

O melhor do SPFW 31/03

| Nenhum comentário
Sim, eu sei que eu estou um pouquinho atrasada, mas pra ver essas belezuras sempre é tempo. A Fashion Week começou ontem e eu separei meus 3 looks favoritos de cada desfile pra mostrar pra vocês.

Animale
Apenas amando a outfit do meio! Mistura de estampas é sempre uma ótima pedida quando bem combinadas, e uma dica pra conseguir harmonizá-las é usando cores parecidas.
A coleção em geral estavam bem brasileira e as cores que apareceram bastante foram os tons de laranja e terra.

João Pimenta
Tudo bem moderno e metalizado. Adorei e sinceramente espero que vire tendência os homens se vestirem assim bem (claro que adaptando pro dia a dia). 

Tufi Duek
Foi missão impossível escolher os looks preferidos desse desfile. Juro que me apaixonei por tudinho!
Os vestidos estão bem sexy, com bastante decotes, mini comprimentos e bem acinturados, mas nada vulgar. Como bem disse a Vogue a coleção está bem jovem. Ah, e pausa pra apreciar esses saltos com meia.

Cavalera
A nova coleção da Cavalera veio cheia estampas bem verão e sapatos caramelo (principalmente botas de camurça). 

Crédito das fotos: Elle e Ego

Daqui a pouco vem o post do segundo dia!
Beijos, @opsjulia_

Playlist da Semana

| Nenhum comentário
Essa playlist está cheia de músicas e bandas novas! Sem contar que é aquecimento pro Lollapalooza... Ah, e por falar dele, ainda essa semana vou fazer um vídeo pro canal do blog falando um pouco sobre festivais e ideias pra looks :)

Perca Peso- Móveis Coloniais de Acaju
Vocês sabem que eu adoro umas letras inteligentes e bem humoradas, ne? Pois além disso a banda ainda tem uns instrumentos bem legais. Eles não vão tocar no festival, mas não aguentei esperar outra playlist pra apresentá-los pra vocês.

Romance na Cidade Grande- Selvagens à Procura da Lei

Mal posso esperar pra vê-los tocar no segundo dia do Lolla! Os ritmos são muito gostosos, daqueles que você começa a cantar e dançar no meio da rua e nem percebe, hahahaha

Cobra de Vidro- Vespas Mandarinas
Minha amiga já dizia há tempos que eu devia escutar Vespas, mas só recentemente decidi obeceder... E ainda bem que eu ouvi, porque eles são muito bons! (Vão abrir o primeiro dia do festival)

2012- Silva
O Silva foi um dos motivos pelo qual eu garanti meu ingresso pro Lollapalooza... Vocês devem conhecer a música A Visita do cantor ou o dueto com a Clarice Falcão, mas eu juro que vale a pena ouvir os dois projetos do cantor.

Team- Lorde
E pra fechar a playlist eu trouxe uma das minhas compositoras favoritas da atualidade: Lorde. Eu tive que me render ao talento da neozelandesa que se apresenta no nesse sábado. 

Eai, curtiram as indicações?
Beijos, @opsjulia_

Inspire-se: B&W

| 2 comentários
No último inverno todo mundo começou a usar aquela calça listrada preta e branca (que eu sinceramente detestei), e o P&B acabou sendo mal usado e enjoando. Mas agora, pra esse inverno é a hora de apostar nele de novo. E por isso eu separei algumas inspirações de look bem chiques e elegantes que vocês vão amar.







Eai o que acharam dos looks?
Beijos, @opsjulia_

Comprinhas: DVDs, livros e besteirinhas

| Nenhum comentário
Fazia tempo que eu não gravava vídeo, mas hoje tomei vergonha na cara e fiz um mostrando minhas últimas adquirições. Por favor não reparem nos aviões que passaram porque eu moro do lado do aeroporto hahaha


Ah, e hoje além de vídeo, saiu um post meu lá no Blog da Galera!
Beijos, @opsjulia_

Gloria

| Nenhum comentário
"Por que temos tanto medo de nos encontrarmos sozinhos?" 
Essa é a pergunta que me fiz o tempo todo que assistia o belíssimo longa chileno chamado Gloria.
Ele conta a história de uma mulher divorciada de 58 anos, que adora ir em bailes de 3ª idade, e que em uma dessas saídas encontra um homem.
Mas não esquenta porque a o filme passa longe de ser uma história de amor. É na verdade uma história sobre a luta que temos desde que nos entendemos por gente para não ficarmos sozinhos.
Luta essa, que realmente me instiga, uma vez que adoro sair e ficar sozinha. Quer dizer, eu ando e como no meu próprio tempo. Aprecio o filme sem ter que me incomodar em criar uma conversa sobre nada e ainda escolho a trilha sonora do dia (sem ter que dividir os fones). 


Mas voltando ao filme, a atuação de Paulina é hipnotizante e fiquei mais do que feliz em ver que haviam duas canções brasileiras na película, incluindo Águas de Março, que teve uma cena maravilhosa. 

Recomendo muito o filme e espero que vocês gostem também.
Beijos, @opsjulia_

O que aconteceria se um gay pedisse um abraço para um homofóbico?

| Nenhum comentário
Um canal do YouTube chamado Gay Woman se fez a mesma pergunta, mas ao em vez de só imaginar, coloco-a em prática. E o resultado foi esse vídeo:


 
Claro que devemos levar em conta que eles estavam pressionados pelas câmeras, mas foi uma das provas que nada muda na sua vida se alguém é gay- mesmo que ele seja próximo a você. Ele/ela são exatamente a mesma pessoa que sempre foram.
 
Beijos, @opsjulia_

Exposições no Brasil: Frida + Bowie

| Nenhum comentário
Eu adoro uma boa exposição. Seja interativa, de fotografias, pinturas, livros... E pra nossa sorte duas exposições muito boas estão e vão passar aqui pelo Brasil. 

Já tinha falado dessa, mas não custa reforçar. 
Localizada no MIS (aqui em São Paulo), o evento reune  mais de 300 itens relacionado ao genial David Bowie. Tudo organizado pela londrina V&A. E aproveitando essa vibe rock 'n roll, no mesmo lugar também haverá um evento infantil dedicado ao gênero. 

Boas novas pro pessoal de Curitiba. Em julho o MON tratá a exposição Frida Kahlo- suas fotografias: todas serão vindas diretas do Museu Frida Kahlo, localizado no México.
Curiosidade: algumas das fotografias foram tiradas por seu pai.

Quer ir em alguma?
Beijos, @opsjulia_

3 livros

| Nenhum comentário
Eu sei que faz um tempo que eu não posto, mas vou tentar vir aqui toda semana. Mas enquanto eu não postava, comprei vários livros e quero dividir minhas aquisições literárias com vocês.

Imagine ter uma vida normal, quando de repente você acorda sendo uma barata. Esse é o pano de fundo de Metamorfose.
É um livro bem complexo, mas sempre tive vontade de ler. Pra facilitar a leitura já me familiarizei com a versão em quadrinhos da história.

 
Nada melhor do que ter um livro de maravilhosas poesias na sua cabeceira. As belíssimas palavras de Vinícius de Moraes ilustram o livro Antologia Poética

Eu sei que vocês já conhecem bem esse meu vício pelo Woody Allen. Pois bem, além de diretor e ator ele também já foi roteirista de teatro, e no livro Adultérios são reunidos algumas de seus obras com personagens neuróticos na cidade de Nova York. 

Já leu algum deles?
Beijos, @opsjulia_

Horários do Lollapalooza 2014

| Nenhum comentário
Pra todo mundo que tava ansioso pra saber se duas das bandas ou artistas que vocês querem ver vão tocar no mesmo horário ou em palcos muito distantes ou em horários muito diferentes ou pra qualquer dúvida, enfim saíram os horários e os palcos do Lolla 2014.


Sábado, 5 de abril
12:20-13:05 Vespas Mandarinas (Palco Skol)
12:45-13:30 Red Oblivion (Palco Interlagos)
12:45-13:45 Elekfantz (Palco Perry)
13:10-13:55 Silva (Palco Ônix)
14:00-15:00 Capital Cities (Palco Skol)
14:00-15:00 Lucas Santtana (Palco Interlagos)
14:15-15:15 Digitaria (Palco Perry)
15:05-16:06 Cage The Elephant (Palco Ônix)
15:30-16:30 Café Tacvba (Palco Interlagos)
15:30-16:30 Perry/Etty vs Joachim Garraud (Palco Perry)
16:10-17:10 Julian Casablancas (Palco Skol)
16:45-17:45 Flume (Palco Perry)
17:00-18:00 Portugal The Man (Palco Interlagos)
17:15-18:30 Imagine Dragons (Palco Ônix)
18:00-19:15 Flux Pavilion (Palco Perry)
18:30-19:30 Lorde (Palco Interlagos)
18:35-19:50 Phoenix (Palco Skol)
19:45-21:00 Wolfgang Gartner (Palco Perry)
19:55-21:25 Nine Inch Nails (Palco Ônix)
20:00-21:00 Nação Zumbi (Palco Interlagos)
21:30-23:00 Muse (Palco Skol)
21:30-23:00 Disclosure (Palco Interlagos)
21:30-22:30 Kid Cudi (Palco Perry)

Domingo, 6 de abril11:50-12:35 Francisca Valenzuela (Palco Skol)
12:15-13:00 Apanhador Só (Palco Interlagos)
12:30-13:15 FTampa (Palco Perry)
12:40-13:25 Illya Kuriaki & The Valderramas (Palco Ônix)
13:30-14:15 Raimundos (Palco Skol)
13:30-14:15 Brothers Of Brazil (Palco Interlagos)
13:30-14:30 Gabe (Palco Perry)
14:20-15:20 Johnny Marr (Palco Ônix)
14:45-15:30 Selvagens à Procura da Lei (Palco Interlagos)
15:00-16:00 Cone Crew Diretoria (Palco Perry)
15:25-16:25 Ellie Goulding (Palco Skol)
16:00-17:00 Savages (Palco Interlagos)
16:15-17:15 Baauer (Palco Perry)
16:30-17:30 Vampire Weekend (Palco Ônix)
17:30-18:30 AFI (Palco Interlagos)
17:30-18:30 Krewella (Palco Perry)
17:35-18:50 Pixies (Palco Skol)
18:55-20:25 Soundgarden (Palco Ônix)
19:00-20:00 Jake Bugg (Palco Interlagos)
19:00-20:15 The Bloody Beetroots (Palco Perry)
20:30-22:00 Arcade Fire (Palco Skol)
20:30-22:00 New Order (Palco Interlagos)
20:45-22:00 Axwell (Palco Perry)

Eai, quem você quer ver?
Beijos, @opsjulia_

Convidada especial do Carnaval de 70

| Nenhum comentário

A considerada a "rainha do rock", Janis Joplin, também se rendeu ao Carnaval brasileiro. A cantora veio ao país para tentar se livrar do vício, mas a data não ajudou. Segundo o jornal O Globo, "ela assistiu desfiles de escolas de samba, fez topless na Praia da Macumba, foi expulsa do Copacabana Palace por nadar nua na piscina, visitou boates e marcou o Carnaval daquele ano.".

Vocês também causam no Carnaval? Hahaha
Beijos, @opsjulia_

Vestidos das ganhadoras do Oscar de Melhor Atriz

| Nenhum comentário
Eu adoro o Oscar. Os filmes que concorrem a premiação nem são meu tipo favorito, mas eu simplesmente adoro assistir ao evento. Gosto de torcer pros poucos filmes que assisti e gostei, gosto de ver a reação dos ganhadores e dos que não ganharam (perdedores não é a palavra apropriada porque afinal você foi indicado ao Oscar) e também de examinar os modelitos usados pelas fashionistas. Então quando eu vi esse post no meu Facebook, claro que não resisti e tive que compartilhar com vocês hehe


Eai, pra quem vocês estão torcendo esse ano?
Beijos, @opsjulia_

Séries que eu amo

| 6 comentários
Dizem que jogos podem viciar tanto quanto drogas. No meu caso são os seriados. Sim, eu tenho uma extensa lista de seriados que eu acompanho, e decidi tomar coragem pra fazer esse post imenso pra vocês.

American-Horror-Story-02
  • Sobre essa daqui eu já falei bastante, mas como eu não enjoo nunca... American Horror Story é um seriado criado por Brad Falchuk e Ryan Murphy (supreendentemente os mesmo de Glee) que aborda diferentes temas em cada temporada. A primeira, nomeada Murder House conta a história de uma família problemática que se muda para uma "casa assassina" como diria o próprio título. Já Asylum, trata-se sobre uma clínica para doentes mentais e Coven traz a bruxaria de uma forma não muito convencional. A série é EXTREMAMENTE viciante e maravilhosa. Só sou meio suspeita pra falar das season finales, mas sem spoilers.
  • Definir Skins me parece perda de tempo, mas vou tentar mesmo assim. Parece perda de tempo, porque o que eu posso falar sobre a série? Que é sobre um grupo de adolescentes de diferentes jeitos e classes sociais? Mas isso seria uma análise muito superficial. Skins é sobre a personalidade humana. Encontramos traços de vários conhecidos em vários personagens, mas jamais encontraremos ninguém igual a nenhum deles porque o lance do seriado é o exagero. Exagero na hora de mostrar o drama, as festas... Não nego que é mostrada certa parte da realidade de muitos jovens, mas é impossível ter uma "vida Skins". E acho que as pessoas nem deveriam querer isso, por que quem quer ser abandonado pelos pais? Ser totalmente desequilibrado? Ser traído, ser viciado, ser atropelado por um ônibus? Espero que ninguém. Parece que só tem desgraça, mas o seriado tem seu quê de comédia e romance. Além de roteiros muito bem escritos e cativantes.  
  • Achou que só ia ter série gringa, né? Pois como eu já tinha postado pra mim as séries de comédia brasileiras dão de 10 a 0 em muito seriado estrangeiro. Acho que como os acontecimentos são mais próximos do nosso cotidiano tem mais graça. Mas sobre esse programa digo isso de uma maneira bem particular, já que eu sou tão psicótica como a Natália. Protagonista e roteirista de Adorável Psicose. Aqui vemos a história de uma mulher completamente desequilibrada, que se consulta com uma psicóloga chamada Dr. Frida (que é quase tão maluca quanto ela), enquanto assistimos acontecimentos de seu cotidiano.

breaking-bad
  • Sou novata quando se trata de Breaking Bad, já que comecei a acompanhar a pouco tempo, mas já estou amando. Inicialmente a história contada é de Walter, um professor de química muito talentoso, que não faz muito dinheiro com sua profissão e de repente descobre que tem câncer. No meio de seu desespero ele se vê produzindo metanfetamina com um ex aluno que já conhece o meio. Mas a história não fica só nisso. Acontecem algumas coisas bem bizarras nessa tentativa de ficar rico.
  • Sim, eu sei que as duas séries mereciam um post só pra elas, mas infelizmente o post ta ficando muito grande e eu vou resumir, até porque todo mundo já conhece essas duas. Friends gira em torno de um grupo de amigos que passa por várias situações hilárias e super verossímeis. Já Sex and the City me faz passar vontade de morar em Nova York e ser uma colunista super chique igual a Carrie. Nesse seriado vemos o dia a dia de quatro amigas focados principalmente em seus relacionamentos.
Eu sei que eu falei que ia colocar todas as séries, mas eu ai eu percebi que eu vejo série pra caramba e que eu ia ter que dividir em dois posts. Mas eu juro que até o fim da semana eu posto a parte 2.
 
Beijos, @opsjulia_

Playlist da Semana

| Nenhum comentário

Ultimamente eu tenho vivido a base de música. Uso meus fones no metrô, no recreio, em casa, no parque... Acho que essa minha mania de pensar que minha vida é um filme tem certas vantagens, como a necessidade de trilha sonora.

Dead and Justice- The Runaways
The Runaways é minha vida. Sério, além de fazer um som bom pra caramba, elas ainda quebram o preconceito de que as mulheres podem fazer rock. Lembrando que nossa querida Joan Jett foi eleita a 87º melhor guitarrista do mundo. 

Tennis Court- Lorde
Como não se apaixonar pelas letras dessa menina? Além de honestas são bem intensas.

Wonderwall- The Pretty Reckless
Sim, eu também amo a versão original da música. Mas ela na voz da Taylor virou um vício. No mínimo mil vezes por dia.

Woody Allen e Eddy Davis New Orleans Jazz Band no Carlyle
Martha Medeiros, uma das minhas autoras favoritas, disse em um de seus livros que a única extravagancia que fez quando foi a Nova York foi ver Woody Allen tocando ao vivo. Só espero ter a chance de vê-lo também. 

Beijos, @opsjulia_

Mais filmes

| 3 comentários
Confiram meu novo blog Waldorfing :)

Sim, eu voltei para indicar mais filmes. Durante esse tempo que eu fiquei sumida não só me adaptei a minha nova escola, como assisti um filme (bom) por noite. E cá estou eu para mostrar o resultado dessa maratona.

Já havia confessado minha obsessão pelo diretor espanhol Almodóvar, mas depois de A Pele Que Habito ela conseguiu aumentar. Aqui temos o ápice de sua loucura e genialidade.
Apenas imagine o um cirurgião muito rico, que vive em uma casa isolada com alguns criados, mas só uma pessoa em quem pode confiar. E adicione uma mulher presa em um dos cômodos usando apenas uma segunda pele. E isso é só o começo do filme...

 
O que leva alguém a se tornar uma garota de programa? Se a pessoa em questão é uma garota de apenas 17 anos, que acabou de perder a virgindade, e não passa nenhum tipo de necessidade, temos no mínimo certo estranhamento. Pois durante o maravilhoso filme Jovem e Bela tentamos desvendar esse enigma impossível que é Isabelle.

 
Você conhece o livro Onde Está o Wally? Já percebeu que a pessoa que procuramos pode estar bem do nosso lado, mas parecemos não conseguir encontrá-la? Martín é um homem cheio de manias e fobias que por um acaso tem como vizinha Mariana, uma mulher que seria perfeita pra ele.
Medianeras é narrado pelos dois personagens e é cheio de ótimos monólogos. Durante o longa apesar de se cruzarem em alguns momentos, você se pergunta se algum dia irão se encontrar de verdade...

Ficou com vontade de assistir algum?
Beijos, @opsjulia_

Últimos filmes que eu assisti

| Nenhum comentário
Confiram meu novo blog Waldorfing :)

Meus últimos dias de férias e aproveitei pra ficar a par de algumas estreias cinematográficas. Os dois filmes foram muito comentados e claro que minha curiosidade não resistiu.

Pais e Filhos conta a história de um homem rico, obcecado pelo trabalho, e dono de uma relação um tanto superficial com o filho, que de repente descobre que o mesmo foi trocado na maternidade.
O pai de seu filho biológico por sua vez é o contrário deles: não possuem tanto dinheiro, porém dão muita atenção os 3 filhos que tem.
E esse é o pano de fundo do longa. Porém ao em vez de ficar na história batida, vemos a pressão japonesa que coloca o sangue em primeiro lugar, a tentativa de convivência dos filhos com as famílias biológicas, como o fator dinheiro pode influenciar a troca e muito problemas familiares muito verossímeis.

Com certeza você já ouviu falar no filme que narra a história de um Adèle, uma jovem de 15 anos que encontra seu primeiro amor nos cabelos azuis de Emma.
Porém o jeito que a história é desenvolvida é belíssima para os olhos do espectador. Claro que com suas 3 horas de duração o filme se torna um pouco cansativo, e as longas cenas de sexo causam um leve desconforto, mas é impossível não se hipnotizar com a maravilhosa atuação de Léa e Adèle e a direção de Abdellatif (principalmente na cena da briga e do restaurante).
Azul é a Cor Mais Quente comove e surpreende. É honesto e duro de digerir.

E vocês, já assistiram algum dos dois filmes?
Beijos, @opsjulia_

O estilo de Madison em American Horror Story

| 4 comentários
Confiram meu novo blog Waldorfing :)

Como vocês curtiram o post que eu fiz sobre o figurino da Carrie em The Carrie Diaries, eu decidi falar sobre o estilo de uma das minhas personagens favoritas de uma das minhas séries favoritas.
Ela é muito bem escrita, dona de algumas das melhores sacadas da série, além de ser, na maioria das vezes, analisada muito superficialmente. Estou falando de Madison Montgomery em American Horror Story.

Não apenas por serem bruxas, mas também por possuírem muita obscuridade em suas vidas, vemos muito preto nos looks da série. Outro elemento que remete a bruxaria, seria o chapéu, que esteve bastante presente. Porém há esse ar de elegância, principalmente em Madison e Fiona.

Montgomery nunca passa despercebida, e esse é um dos motivos de haverem peças extravagantes e por conta de sua personalidade manipuladora, ela abusa de vários vestidos sexy que definem bem as curvas, emagrecem (apesar dela não precisar) e dão a sensação de mais busto. 

Mesmo com todo o look-at-me thing, ela também faz uma linha casual chique. Aliás se o Coven tivesse algum uniforme, com certeza seria o little black dress. 

Eai, o que vocês acharam da Madison?
Beijos, @opsjulia_
 

Jornal Beijos Copyright © 2013 Layout por Mayara Sousa