Últimos filmes que eu assisti

| Nenhum comentário
Confiram meu novo blog Waldorfing :)

Meus últimos dias de férias e aproveitei pra ficar a par de algumas estreias cinematográficas. Os dois filmes foram muito comentados e claro que minha curiosidade não resistiu.

Pais e Filhos conta a história de um homem rico, obcecado pelo trabalho, e dono de uma relação um tanto superficial com o filho, que de repente descobre que o mesmo foi trocado na maternidade.
O pai de seu filho biológico por sua vez é o contrário deles: não possuem tanto dinheiro, porém dão muita atenção os 3 filhos que tem.
E esse é o pano de fundo do longa. Porém ao em vez de ficar na história batida, vemos a pressão japonesa que coloca o sangue em primeiro lugar, a tentativa de convivência dos filhos com as famílias biológicas, como o fator dinheiro pode influenciar a troca e muito problemas familiares muito verossímeis.

Com certeza você já ouviu falar no filme que narra a história de um Adèle, uma jovem de 15 anos que encontra seu primeiro amor nos cabelos azuis de Emma.
Porém o jeito que a história é desenvolvida é belíssima para os olhos do espectador. Claro que com suas 3 horas de duração o filme se torna um pouco cansativo, e as longas cenas de sexo causam um leve desconforto, mas é impossível não se hipnotizar com a maravilhosa atuação de Léa e Adèle e a direção de Abdellatif (principalmente na cena da briga e do restaurante).
Azul é a Cor Mais Quente comove e surpreende. É honesto e duro de digerir.

E vocês, já assistiram algum dos dois filmes?
Beijos, @opsjulia_

O estilo de Madison em American Horror Story

| 4 comentários
Confiram meu novo blog Waldorfing :)

Como vocês curtiram o post que eu fiz sobre o figurino da Carrie em The Carrie Diaries, eu decidi falar sobre o estilo de uma das minhas personagens favoritas de uma das minhas séries favoritas.
Ela é muito bem escrita, dona de algumas das melhores sacadas da série, além de ser, na maioria das vezes, analisada muito superficialmente. Estou falando de Madison Montgomery em American Horror Story.

Não apenas por serem bruxas, mas também por possuírem muita obscuridade em suas vidas, vemos muito preto nos looks da série. Outro elemento que remete a bruxaria, seria o chapéu, que esteve bastante presente. Porém há esse ar de elegância, principalmente em Madison e Fiona.

Montgomery nunca passa despercebida, e esse é um dos motivos de haverem peças extravagantes e por conta de sua personalidade manipuladora, ela abusa de vários vestidos sexy que definem bem as curvas, emagrecem (apesar dela não precisar) e dão a sensação de mais busto. 

Mesmo com todo o look-at-me thing, ela também faz uma linha casual chique. Aliás se o Coven tivesse algum uniforme, com certeza seria o little black dress. 

Eai, o que vocês acharam da Madison?
Beijos, @opsjulia_

Meus 3 curtas preferidos

| 2 comentários
Confiram meu novo blog Waldorfing :)

Além de ser apaixonada por filmes, eu também adoro os curta metragens. Pra que não sabe os curtas são uma espécie de mini filme com até 40 minutos (contando os créditos). Então eu resolvi separar 3 dos meus favoritos.

Eu Não Quero Voltar Sozinho

Leonardo é um menino cego que vê sua vida mudar quando acaba se apaixonando pelo aluno novo chamado Gabriel. Mas além de ter que lidar com o amor inesperado, também é obrigado a enfrentar o ciúme de sua melhor amiga Giovana, que por sua vez gosta dele.
Na minha opinião a deficiência de Leonardo e a  homossexualidade foram abordada de forma bem suave e realista. Ah, e pra quem curtiu eu tenho boas notícias. Em 2012 foi anunciado o filme baseado na curta, que tem previsão de estrear ainda esse ano com o título de Hoje Eu Quero Voltar Sozinho.

Walking Stories
Estrelado pela maravilhosa Kaya Scodelario e feito pela marca Salvatore Ferragamo, vemos a história de Sara. Uma menina confusa que está acostumada a fugir de conflitos, e por consequência disso acaba em Florença sem seus sapatos. Lá ela esbarra em uma conhecida para quem irá contar porque acabou chegando lá.  

Laços
E é claro que não poderia faltar o projeto que deixou Clarice Falcão em evidência pela primeira vez. Vencedor de um concurso mundial do YouTube, o curta conta a história de uma menina que acaba de fugir do enterro de seu pai e acaba encontrando alguém que acaba sendo bem inesperado. 

Eai, o que achou?
Beijos, @opsjulia_

O figurino de Bradshaw em The Carrie Diaries

| 2 comentários
Confiram meu novo blog Waldorfing :)

Faz tempo que eu não faço posts sobre moda. Mas como a gente sempre acaba voltando aos velhos hábitos aqui estou eu fazendo mais uma análise de estilo. Dessa vez eu escolhi uma personagem que apesar de não ter um gosto parecido com o meu, conseguiu me conquistar. Estou falando da Carrie Bradshaw jovem (faço questão de dizer porque o estilo dela evoluiu muito). 

 No começo da primeira temporada da série a personagem mantinha um estágio em um escritório de advocacia, então precisava fazer uma linha mais social. Mesmo assim ela não dispensava as cores bem anos 80 (lembrando que a série se passa nessa época). 

Preciso dizer que prefiro um milhão de vezes o estilo dela na segunda temporada. Acho que ficou mais moderno e a ousadia dos looks foi pra um caminho bem mais legal. O figurino acima é uma das roupas que ela usou para ir ao colégio, e convenhamos que dá de 10 a 0 naqueles moletons que ela usava no começo do programa hahahaha.

Como Carrie é muito feminina vemos muitos vestidos, que apesar desse feeling de modernidade trazem as cores e estampas (até mistura delas) bem exagerados como pedem os anos 80.

O armário de Bradshaw tem cores pastéis, várias jaquetinhas que servem pra finalizar os looks, calças coloridas, vestidinhos modernos, blazers sociais e divertidos e também peças básicas, que são fundamentais pra quebrar o "cheguei" de alguns looks.

Mesmo tendo tanta qualidade, pra mim alguns looks erraram feio. Como esses acima. Acho legal ousar, mas neon, paetê e oncinha deixou o visual meio over mesmo pra época em que se passa a série. E não consegui gostar a combinação da blusa e da saia no segundo look, muito menos esse colar que parece brinde infantil #prontofalei hahahaha.

Em geral as roupas são lindas e se eu pudesse pegava tudo pra mim, mas já era de se esperar já que ninguém mais, ninguém menos que Eric Daman é o figurinista da série (o mesmo de Gossip Girl).
AnnaSophia já confessou amar as outfits de sua personagem e ainda disse que o que faz Daman tão bom em seu trabalho é que você não consegue distinguir o que custou U$800 e o que custou U$20.

E você, o que achou das roupas da antiga Carrie?
Beijos, @opsjulia_

Livrarias em SP

| Nenhum comentário
Nada como um ambiente cheio de livros. É tão bom poder pegar alguma obra em meio de uma diversidade imensa e poder sentar e aproveita-la. Além disso as livrarias reúnem algumas das minhas maiores paixões: livros, CDs e DVDs. Por esse motivo eu separei alguma das minhas livrarias favoritas pra mostrar um pouco delas pra vocês.

Livraria da Vila
Tem um espaço super legal, arquitetura maravilhosa e todos os livros que você pode imaginar.
Onde? Rua Fradique Coutinho, 915 - Pinheiros
Alameda Lorena, 1731 - Jardim Paulista

Livraria Cultura
Além de ser livraria, também há teatro, cinema e café. E o melhor de tudo: fica em um dos melhores endereços de São Paulo.
Onde? Av. Paulista, 2073 - Bela Vista

Martins Fontes 
Outro lugar bem legal (e que também fica na Paulista) é a livraria Martins Fontes. Tem um espaço bem gostoso pra pegar um livro e ler a tarde inteira.
Onde? Av. Paulista, 509 - Bela Vista

Eai, quais são as suas livrarias favoritas?
Beijos, @opsjulia_

Inspire-se: Regata Cavada

| 2 comentários
Ninguém mais aguenta esse calor brasileiro. Não dá pra vestir nada que o calor aumenta. Mas por sorte existem as regatinhas leves e cavadas que além de serem lindas deixam a gente se refrescar um pouquinho (se é que isso é possível hahaha). Bora conferir algumas ideias de look com elas?






Então já viram, né? Dá pra usar um look street, hippie, hi-lo, grunge e por ai vai. 

Beijos, @opsjulia_

Livros que eu quero ler em 2014

| Nenhum comentário
Aproveitando que hoje é dia do leitor e por coincidência o dia que eu terminei de ler os livros que eu tinha (lembra que eu até fiz um post sobre alguns livros) em casa, eu resolvi fazer a lista de livros que eu quero ler em 2014. E esse ano eu fugi um pouco da minha zona de conforto literária e escolhi alguns livros diferentes. Alguns deles eu já tinha em mente, já outros entram na lista durante a pesquisa. Mas seja como for que eles chegaram até aqui, eu espero que eu consiga ler todos.

Fim- Fernanda Torres
Parece estranho ter escolhido um livro tão carioca já que sou paulistana de alma e coração, mas só de ouvir a autora Fernanda Torres lendo um pedaço da história de 5 amigos que morreram e pouco antes contam suas memórias, como as de suas mulheres, Carnavais, ou a parceria que tiveram, me conquistou. 

Toda Poesia- Paulo Leminski
Adoro poesia. Mas não é sempre que leio livros só delas. Normalmente me entrego aos romances. Mas não resisti a obra de Paulo. Os poemas são sutis, mas ao mesmo tempo tocantes. Cheio de brilhantismo e verdade. 

Ligue os Pontos- Gregório Duvivier 
Foram mais do que suas atuações e histórias pro canal Porta dos Fundos que fizeram com que esse livro viesse parar aqui. Eu sou grande fã da coluna online que ele tem no site da Folha de S.Paulo. Adoro o jeito bem humorado e honesto que ele escreve e lendo as resenhas da obra parece que não me decepcionarei. 

 A Graça da Coisa- Martha Medeiros
Verdade que eu acabei de ler um livro da mesma autora. Mas ela me conquistou de tal forma que é impossível não querer mais...

Eai, quais são as suas leituras programadas pra 2014?
Beijos, @opsjulia_

Look del Giorno: Summer

| Nenhum comentário





Usei esse look pra ir com a minha irmã no médico e aproveitamos pra tomar sorvete. Como hoje estava muito calor eu optei por esse vestido fresquinho navy, porque pra mim verão é a hora perfeita pra mostrar todo amor que eu tenho pelo estilo meio marinheiro haha. Usei o batom vermelho porque como no calor a maquiagem derrete, a dica é abusar do batom, que demora pra sair e é fácil de retocar. 

Vestido Ellus Second Floor Chapéu Topshop
Bolsa Beneduci Oxford Celia Milani

Beijos, @opsjulia_

Livros que eu li nas férias + livros que ganhei no Natal

| 2 comentários

Faz um tempinho que eu não falo sobre livros e faz séculos que eu não atualizo o canal do blog no YouTube, então juntei as duas coisas e fiz um vídeo mostrando os livros que eu li até agora nas férias e outros que eu ganhei de Natal. 







Eai qual foram os seus livros favoritos nessas férias?
Beijos, @opsjulia_

Dica de Filmes

| Nenhum comentário
Eu sei que eu andei sumida essa semana, mas é que eu também mereço descanso, né? Todavia, nesse meio tempo eu assisti alguns filmes muito bons e fruto de dois dos meus diretores favoritos, então, não resisti e tive que postar.

Escrito e dirigido por um dos meus diretores favoritos, Volver é só uma das provas de que Pedro Almodóvar entra no universo feminino como poucos. O longa conta a história de Raimunda, uma mulher que perdeu os pais num incêndio, e hoje tenta sozinha sustentar sua família e ainda cuidar de uma tia chamada Paula, que está muito doente. Um dia ao voltar do trabalho, Raimunda encontra seu marido morto na cozinha de casa. Pouco depois sua filha confessa que o matou pois ele estava bêbado e tentou abusar sexualmente dela. Momentos depois, recebe um telefonema de sua irmã, Sole, que diz que sua tia faleceu. Enquanto isso Agustina, uma velha amiga da família suspeita que o fantasma da mãe de Raimunda e Sole vaga pela vila em que ela e Paula moravam. 

Aposto que em algum lugar você já viu pessoas caracterizadas de personalidades icônicas. Pois nesse filme é retratada a história de um imitador de Michael Jackson que um dia encontra uma imitadora de Marilyn Monroe, que o convida para deixar tudo e se mudar para um lugar onde só vivem pessoas como eles. Com esperança de lá encontrar a si mesmo, ele se muda pra a Ilha dos Imitadores e encontra personalidades como o Papa, a Rainha, Madonna, Chapeuzinho Vermelho, Abraham Lincoln e até Charles Chaplin, que é marido da Marilyn, por quem Jackson acaba se apaixonando. Na película também é contada uma história paralela de um convento, que quando o padre e algumas freiras vão distribuir comida de avião, uma das freiras cai, porém sobrevive. Nesta história podemos ver a crítica da fé a cegas. Escrito e dirigido por Harmony Korine, o filme é muito bom e a cena de abertura é maravilhosa. 

Eai, ficou afim de assistir algum?
Beijos, @opsjulia_
 

Jornal Beijos Copyright © 2013 Layout por Mayara Sousa